You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.

Serviços

Computação em Nuvem

Em um mundo cada vez mais digital poucas são as pessoas que nunca ouviram o termo: "Cloud Computing" ou "Computação em Nuvem", em bom português. Quando falamos em tecnologia, parece que é a primeira coisa que vem a mente.

O que é Computação em Nuvem?

Com a evolução da tecnologia podemos aproveitar cada vez mais os benefícios de conectividade que a mesma nos traz. Em suma, Computação em Nuvem é uma tecnologia que usa esta conectividade, com alcance impulsionado pela própria internet, para hospedar vários recursos que utilizamos em nosso dia a dia para fornecimento de produtos e serviços digitais.

Veja, você, certamente, já teve contato direto com a Computação em Nuvem diversas vezes... Quando editamos uma planilha no Google Docs, assistimos a vídeos no YouTube, ou Netflix, estamos consumindo conteúdo proporcionado por uma estrutura em nuvem. Você não precisou instalar nada para consumir estes serviços, correto? Isso ocorre porque são processados por computadores e recursos de forma remota, online, os quais acessamos através de nossos navegadores de internet.

Para quê serve a Computação em Nuvem?

Para entender as vantagens da computação em nuvem somente precisamos entender o que ela substitui. Basicamente, para dispôr um serviço online antes da computação em nuvem, seriam necessários vários servidores com uma infraestrutura adequada como: local para disposição das máquinas, climatização adequada, sistema de rede, links de alta performance, sem mencionar os ciclos de manutenção necessários. E isto é só o começo.

Sabendo disso, imagnine agora que há um modo mais "democrático" de ter acesso a este tipo de infraestrutura e recursos tecnológicos, seja para fins pessoais ou profissionais, onde não há a necessidade de se preocupar com espaço físico, logística de climatização, escala de manutenção e ainda permite a escalabilidade de sua infraestrutura de maneira dinâmica. Bem, a este modo chamamos Computação em Nuvem.

Basicamente, ela oferece a os recursos tecnológicos que precisamos e, o mais interessante, na medida que precisamos. Você pode solicitar uma estrutura mínima para dispôr seu serviço e escalá-la de acordo com suas necessidades. Aqui, a grande vantagem é que você pode criar estruturas que lhe onerem em proporção a seu uso, ou seja, seu custo é proporcional a seu uso.

Quais serviços a Computação em Nuvem proporciona?

Os três principais serviços que podemos extrair da Computação em Nuvem são:

  • - SaaS - Software como Serviço
  • - PaaS - Plataforma como Serviço
  • - IaaS - Infraestrutura como Serviço

SaaS - Software como Serviço

A modalidade Software como Serviço é o uso mais popular da computação em Nuvem. Aqui, você tem acesso ao software sem a necessidade de comprar uma licença, geralmente podendo utilizá-lo de forma limitada em relação aos recursos que a própria tecnologia limita. É comum também a existência de planos pagos de acordo com os recusros que a aplicação dispõe.

Neste formato, não há a necessidade de se preocupar com licenças, instalação ou configuração de software, basicamente, tudo é fornecido de modo embutido online. Você só precisa acessar. Como exemplo de aplicações que usam esta tecnologia, podemos citar o Facebook, LinkedIn, Skype e WhatsApp, além de vários CRMs e ERPs.

PaaS - Plataforma como Serviço

Um modelo mais robusto de computação em nuvem. é um ambiente de desenvolvimento e implantação completo na nuvem, com recursos que permitem a você fornecer tudo, de aplicativos simples baseados em nuvem a sofisticados aplicativos empresariais habilitados para a nuvem. Você adquire os recursos necessários por meio de um provedor de serviços de nuvem em uma base paga conforme o uso e os acessa por uma conexão com a Internet segura.

Este modelo inclui sistemas operacionais, sistemas de gerenciamento de banco de dados, serviços de desenvolvimento, BI além de toda a estrutra necessária administrar e expandir estes recursos.

IaaS - Infraestrutura como Serviço

Neste modelo, a palavra chave é: Escalabilidade. Você paga o quanto voê consome e tem liberdade para, a qualquer momento, adicionar ou remover recursos, como servidores, por exemplo. Imagine como um serviço de TV por assinatura. Você pode contratálo e aumentar ou diminuir o número de canais, além de cancelar o serviço a qualquer momento.

Aqui os recursos de infraestrutura são alugados, como servidores, routers, racks, datacenters, hardware e outras ferramentas que permitem a transmissão e o armazenamento de dados.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e nossos Termos e Condições de Uso. Ao continuar navegando, você concorda com esta utilização.