You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.

O que é o C-Level?

< Bruno Couty > atualizado em 18/02/2020


Bem vindo (a) ao novo mundo! Na verdade, nem tão novo assim. A cada ano é mais comum que vejamos empresas citando seus CEOs, COOs, CFOs, CMOs, e várias outras variações desta famosa sigla... Mas, afinal, o que elas significam e qual a função daqueles entitulados por elas?

Primeiramente, vamos entender onde nascem estes títulos. É natural que os fundadores de uma empresa desejem que a mesma creça e adquira proporções maiores em escala e atuação. Durante este crescimento, várias frentes precisam ser observadas para que sejam escalonadas e adaptadas de acordo a comportar esta expansão. Neste processo, é comum a necessidade de contratação de novos colaboradores e a promoção de colaboradores antigos para exercerem funções mais relacionadas a Gestão do que aos processos, diretamente. Assim nascem os C-Levels.

Basicamente, é uma classe formada por Executivos de Gestão que estão a frente de determinados departamentos e são os principais responsáveis por levar a companhia a um próximo nível.

Para ocupar um lugar nesta seleta classe, ao contrário do que possa parecer, não basta ser dono de um negócio ou fundador de uma start up. É necessário muito preparo e conhecimento. Atente-se que não é incomum que empresários contratem este tipo de profissionais para atuarem em suas empresas. A razão disso é justamente o conhecimento e expertise demandados para a ocupação deste cargo. Entenda que se um profissional possui um título e não consegue executar as atribuições deste título, passa a ser apenas um profissional mediano com uma etiqueta elegante.

.

Uma Função Executiva

Ser um C-Level é uma função executiva, ou seja, de alta responsabilidade e que requer muito conhecimento estratégico, de gestão e mercado. Por mais glamuroso que possa parecer ostentar este título, tenha em mente que o profissional deve posssuir alicerces que lhe garantam a firmeza necessária para mantê-lo e, mais ainda, cumprir as obrigações advindas deste título.

Que fique claro que, muitas vezes, pode representar uma responsabilidade de tamanho e peso superiores ao que o profissional pode carregar e, por consequencia, assumir tal cargo sem o devido preparo pode representar o fim de uma empresa promissora.

.

Principais C-Levels

.

CEO: Chief Executive Officer

Principal posição de uma empresa, o CEO, entre outras coisas, é responsável pelo plano de ação da empresa e por nortear todos acerca da direção, visão e objetivos da companhia.

Também responsável por realizar parcerias estratégicas que, por vezes, se convertem em capital e receita para a empreas.

.

COO: Chief Operating Officer

Tido como o "braço direito" do CEO, este é responsável por garantir que as ações estão sendo executadas de modo a concordar e alcançar a visão predita pelo CEO.

.

CFO: Chief Financial Officer

O mais alto cargo responsável pela Gestão Financeira da empresa. Apesar de o CEO ser o principal responsável pela captação de recursos, é do CFO a responsabilidade de gerir os recursos financeiros da empresa, investimentos recebidos, relatórios e apresentação de balanços aos sócios e investidores, etc.

.

CTO: Chief Technology Officer

Ao contrário do que muitos pensam, o CTO possui muitas funções além de determinar qual sistema operacional será adotado pela companhia. É dele a função de determinar quais tecnologias são adotadas, inclusive, de modo a otimizar o desempenho minimizando os custos e, por consequencia, aumentando o lucro da empresa baseado em suas ações.

.

CMO: Chief Marketing Officer

Desde tempos antigos se sabe que "a propaganda é a alma do negócio". Deste modo, eis aqui um profissional de grande importância no negócio, líder do departamento de marketing é sua função desenvolver e validar estratégias que fidelizem os clientes da empresa.

.

Agora que já conhecemos os principais C-Levels podemos dizer que são os principais responsáveis pelo sucesso de uma companhia, certo? Errado! Os C-Levels possuem um papel importantíssimo, mas, como já dissemos, é um papel Executivo, um papel de Gestão. Os principais agentes de mudança e sucesso de uma companhia estão em seus níveis iniciais de operação.

Os C-Levels tem a responsabilidade de construir ambientes físicos e psicológicos que possam permitir a suas equipes trabalhar e desenvolver o que tem de melhor. Quanto mais alinhados estiverem os times, mais sucesso em seus projetos terá a empresa.

Assim, nos despedimos deixando uma frase para reflexão que será tema nosso próximo post: O paradigma do Velho Chefe e o o Novo Líder


Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e nossos Termos e Condições de Uso. Ao continuar navegando, você concorda com esta utilização.